• Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black RSS Icon
  • Black YouTube Icon

T.: (11) 3816.1969

© 2023 por MOINHOTUR.

Samoëns

Há penas uma hora de Genebra e duas horas de Lyon, Samoëns fica no coração dos Alpes Franceses. Terra da Maçonaria Francesa da época de Voubon, Voltaire e Bonaparte, a estação é historicamente conhecida por suas casas de pedra, seu charme e espírito medieval. Localizada na 4ª maior área esquiável da França, o Grand Massif, juntamente com Flaine, Les Carroz, Morillon e Sixt-Fer-à-Cheval, atende todos os níveis de esquiadores.

Com seus 265 km de pistas, o Grand Massif conta com um total de 143 pistas,  verdes, azuis, vermelhas e pretas, além da maior pista azul da França, a pista des Cascades. São 14 kms de pista no coração da floresta, rodeados de fauna, flora e paisagens de tirar o fôlego, além de uma vista privilegiada para o Mont Blanc.

 

Distâncias:

Paris – 682 km 

Lyon – 195 km

Genebra - 50 km 

Chamonix

Chamonix é considerado o berço do alpinismo. O vale de Chamonix e Mont –Blanc oferece uma variedade enorme de esportes durante o ano inteiro e em todas as estações.
Chamonix e o Mont- Blanc são o terceiro local mais visitado no mundo o que a torna uma estação de esqui e ao mesmo tempo uma cidade altamente cosmopolita e sempre muito cheia de vida em qualquer época do ano.
Após 50 anos construíram agora um teleférico no famoso “Aguille du Midi”, pico de 3777 metros de altitude, e o teleférico  parte do centro da vila de Chamonix atéo pico em 20 minutos. Tem também terraças que oferecem uma vista espetacular com 360º para todos Alpes franceses, suíços e italianos.Graças ao elevador ainda pode-se subir até 3.842 metros de altura para descobrir a vista do Mont-Blanc.
Chamonix estende-se por uma superfície total de 24 546 hectares e desenvolveu-se durante 17 km no vale do mesmo nome (o chamado alto vale do Arve ou vale de Chamonix) antes de ocupar mais genericamente o vale do Arve (com 102 km), e cujo rio vem desaguar a sul de Genebra, na Suíça.

Megève

Megeve é um dos destinos de esqui icônicos do mundo. Ao contrário das áreas de esqui francesas mais conhecidas, Megeve não foi construído a partir do zero durante a pós-guerra, mas sim como uma aldeia original, que remete ao século 13. Suas ruas de paralelepípedos são rodeadas por atraentes restaurantes e boutiques, exalando um ambiente francês. Para aumentar ainda mais o apelo de Megeve, as pistas de esqui, localizadas perto do Mont Blanc - e que se estendem por 445 km, graças às conexões com as áreas de esqui vizinhas - são um dos cenários mais atraentes no mundo do esqui.

Val Thorens

Val Thorens é o resort de esqui mais alto na Europa. Atingindo uma altura de  2.300 m, tem uma das mais longas temporadas de esqui. Ele está situado no topo dos 3 Vales - a maior área de esqui do mundo.

Possui 100 por cento de alojamentos ski-in ski-out com esqui garantido: neve em flocos, encostas perfeitamente cuidadas - 600 km de pistas e neve garantida ao longo da temporada.

As instalações de esqui são de ponta, com teleféricos de alta tecnologia que o levam até os picos mais altos com vista para mais de 1.000 montanhas. A atmosfera da aldeia é informal e amigável para esquiadores com uma grande variedade de restaurantes, clubes e uma inúmeras outras atividades.

Meribel

Meribel, o resort favorito dos britânicos, também é conhecido como "Pequena Inglaterra sobre os alpes'. Os britânicos compõem quase metade do total de visitantes.
O fluxo anual dos britânicos significa que você pode facilmente passar sem falar uma palavra de francês, mas também significa que os preços são mais altos, vozes britânicas estão em toda parte e vida noturna pode ser um pouco barulhenta - shots de vodka de caramelo e dança em mesas no Le Rond bar Point não é incomum. A área de esqui local tem bastante terreno variado para manter todos os níveis contentes. Ele também tem uma localização invejável de estar no centro de Três Vales, a maior rede de lifts no mundo.

Courchevel

Courchevel é um playground de inverno para os ricos e famosos - atraindo um fluxo constante de estrelas de Beyonce à David Beckham. Ironicamente, o resort foi originalmente planejado para criar empregos e esqui para as massas, mas em algum lugar ao longo do caminho se transformou em resort de luxo dos Alpes.

Há 50 hotéis de cinco estrelas em toda a França e nove deles estão em Courchevel. Além dos melhores hotéis, o resort agora possui três restaurantes com estrelas Michelin.

No resort alto nível, com calçadas aquecidas, é repleta com mais de 100 boutiques - você encontrará desde Hermès, Louis Vuitton até Valentino.

O resort é composto por quatro aldeias de esqui: Courchevel 1300 (La Praz), Courchevel 1550, Courchevel 1650 e Courchevel 1850.

Sua área de esqui oferece enorme variedade de pistas para todos os níveis e também é popular para as famílias com não esquiadores.

Val d'Isèse

Val d’Isère é um resort de esqui legendário. É uma pequena vila escondida em um dos vales dos alpes franceses que, graças a determinação de um grupo de pioneiros apaixonados, tornou-se um dos resorts de esqui mais famosos do mundo. O verão e a primavera são inspiradores em Val d’Isère, graças as montanhas que cercam o resort. Grande parte desse incrível panorama faz parte do Parque Nacional Vanoise, dos lagos e das geleiras que fazem fronteira com a Itália.

Alpe d'Huez

Fundada em 1936, Alpe D’Huez está a 1869 metros acima do nível do mar. É famosa no inverno e verão por causa do Tour de France. Alpe D’Huez é um grande domínio esquiável que oferece 800 hectares divididos entre cinco estações de ski (Alpe d ’Huez, Auris en Oisans, Oz  em Oisans, Vaujany,Villard Reculas) interligadas por 74 meios de elevação mecânicos.

Please reload

 

França

Mostrar Mais
 

Itália

Madonna di Campiglio

150 km de pistas de esqui interligadas no coração das Dolomitas  - Patrimônio Mundial da Unesco - Madonna di Campiglio é a maior área de esqui em todo o Trentino. Pistas emocionantes e elevadores modernos ligam Pinzolo, Val Rendena e Val di Sole com Madonna di Campiglio. Este é o local onde esquiadores e snowboarders poderão desfrutar de novas experiências a cada inverno. O teleférico Pinzolo Campiglio Express, tem a vista mais panorâmica de todas, é rodeado por uma paisagem maravilhosa entre as mais espetaculares do Parque Natural Adamello Brenta. A área de esqui, 850-2.500m, possui 100 pistas de esqui, 61 elevadores com capacidade para 90.000 pessoas/hora e a fabricação de neve artificial tem uma cobertura de 95%.

Cervinia

O Vale d’Aosta é uma região montanhosa no noroeste da Itália. Faz fronteira com a França e com a Suíça e fica ao norte do Piemonte. O sistema montanhoso nesta região faz um desenho no horizonte onde quatro picos são facilmente reconhecidos: Mont-Blanc (4.810 m), uma montanha esculpida em granito; Monte Cervino (4.478 m) com a sua forma piramidal característica; Monte Rosa (4.634 m); e Monte Gran Paradiso (4.061 m).

Cortina D'Ampezzo

Cortina d'Ampezzo é uma cidade italiana da província de Belluno, Veneto. Conhecida como "Rainha das Dolomitas", é o maior e mais famoso município que compõe o Ladin. É uma estação de esqui muito popular, que sediou os Jogos Olímpicos de Inverno em 1956 e continua a ser o palco de muitos eventos de esportes invernais internacionais.

Cortina d'Ampezzo é um paraíso para os entusiastas dos esportes de neve. A sua localização inigualável nos Alpes oferece uma grande variedade de pistas de todos os níveis de dificuldade, atendendo a todas as faixas etárias. Cortina faz parte da área do Dolomiti Superski, o maior carrossel de esqui do mundo, que liga 12 resorts de esqui até o topo da montanha: um skipass dá acesso a 450 elevadores e a 1.220 km de pistas e trilhas.

Val Di Fassa

Localizada nas Dolomitas, que são conhecidas por suas formações geológicas e por seus lindos e inquestionáveis cenários, Val di Fassa oferece os melhores esporte de inverno.  A comunidade étnica Laden conseguiu manter sua língua como a riqueza natural do vale, espalhados como o mais famoso pico de Dolomitas, assim como o Roda di Vael, o Catinaccio e a Torri del Vajolet, o Sassolungo, o Sella group, o Pordoi, o Monzoni e o mais famoso e procurado de todos, o Marmolada.

Cercada de montanhas, Fassa Dolomitas são os destinos favoritos para aqueles que gostam de escalar rochas e se inspirar pelas lendas antigas. No pôr do sol, os raios de sol pulverizam tons de rosa na face das montanhas, dando vida ao fenônemo conhecido como Enrosadira.

A tradição da hospitalidade é profundamente enraizada nessa terra. Suas cidades lindas – a maior é Canazei e Moena – oferecem uma ampla variedade de hotéis  e facilidades de acomodação adequadas para todo o tipo de férias, da mais esportiva até a orientada para o bem-estar.

Graças aos mais de 200 km de pistas de esqui, esta é uma das capitais internacionais de esqui. No meio de Dolomiti Superski, o maior circuito do mundo, Val di fassa apresenta uma das mais state-of-the-art áreas de esqui de todas, com equipamentos de última geração, que garantem as melhores condições de neve para esquiar durante a temporada inteira. Você também pode praticar escultura (bonecos de neve), snowboard, telemark e até mesmo esquiar a noite.

Courmayeur

Coumayeur, situada entre a Itália, a França e a Suíça, aos pés do Monte Branco, é a essência dos alpes italianos. Possui uma grande tradição de turismo de montanha que se reflete em uma arraigada identidade alpina de caráter internacional.

Courmayeur é vida de montanha delineada em um belo modo de viver.  Sincretismo entre as botas de esqui e scarpans de 12 cm, entre as rochas, a neve e as águas termais. Refeições espartanas dos exploradores e requinte gourmet. São esses os elementos que compõem essa localidade turística, única no seu gênero que conjuga identidade alpina e montanara com o glamour e o luxo do turismo internacional.

Mundana e sofisticada, Courmayeur é uma das localidades mais enaltecidas do arco alpino. Possui uma oferta hoteleira sofisticada que vai dos luxosíssimos hotéis de quatro e cinco estrelas àqueles de três, chegando aos mais acolhedores “meublés” com administração familiar. E ainda, nos últimos anos aumentou-se muito a oferta de pequenos hotéis de charme montanhês, alguns localizados a poucos quilômetros do centro ou na área destrital, com uma excelente relação de custo-benefício.

Um lugar que possui uma tradição sinceramente hospitaleira, que sabe acolher calorosamente, e ao mesmo tempo conhece os segredos de um estilo de vida requintado. A atenção aos detalhes e uma percepção de estilo made in Italy rendem Courmayeur um lugar muito especial. No centro da cidade o shopping é super chic e encontram-se as melhores marcas européias, os cafés e bistrots são de última moda, conta-se também com numerosos restaurantes gourmet às margens das pistas de esqui para um après-ski único e inesquecível.

San Martino di Castrozza

San Martino di Castrozza e Passo Rolle, situados a 1.450 metros acima do nível do mar, aos pés das espetaculares Pás di San Martino – nas Dolomitas Patrimônio Unesco, caracteriza-se pela inconfundível atmosfera de montanha, com densos bosques e os pináculos dolomíticos únicos devido à beleza e verticalidade.

A localidade possui uma grande tradição turística, iniciada já no século XIX com a chegada de alpinistas ingleses e alemães, e também cresceu muito nos últimos anos distinguindo-se pelo ótimo nível de suas estruturas receptivas e pela inata hospitalidade de seus habitantes.

O complexo esquístico de  San Martino di Castrozza - Passo Rolle é famoso pela inconfundível paisagem que o rende em absoluto o mais panorâmico no circuito Dolomitas Superski, com 60km de pistas che se desdobram dos 1.404 aos 2.357 metros ao interno do Parque Paneveggio Pale di San Martino. A longa estação invernal, que começa no fim de novembro com as neves do Passo Rolle e se prolonga até depois da páscoa, se caracteriza pelas ótimas condições das pistas, perfeitamente “batidas”, muito bem cuidadas, e pelo eficiente sistema de nevamento programado.

Em San Martino di Castrozza, o Carrossel delle Malghe, com acesso tanto das instalações de Ces como daquelas de Tognola, oferece 45km de pistas ideais para transcorrer um dia dedicado ao esqui de qualidade e também à ótima culinária local.

Na zona de Colverde, a dois passos do centro, a homônima cabinovia serve duas linhas que inclusive são iluminadas de noite. Esqui alpino, snowboard, telemark, freeride, crosscountry, snowshoes mas também ótimas refeições e muito relax nos terraços solários em alta cota: as atividades que se podem praticar neste fabuloso ângulo do Trentino são inumeráveis e aptas a satisfazer todas as exigências.

A parada obrigatória do passeio é no Altopiano delle Pale: esse inacreditável prato se encontra a 2,700m de altitude e lá se pode chegar facilmente e em poucos minutos com o teleférico. É a meta ideal para quem gosta de praticar esqui alpino e snowshoes, ou simplesmente para quem deseja observar o panorama do precioso Parque Naturale Paneveggio Pale di San Martino.

Para concluir o dia passado na neve é possível tomar um delicioso chocolate quente ou fazer um aperitivo nos bares e bistrots do centro, não se esqueça de passar nas lojas e nas boutiques que farão muito feliz os amantes do shopping. Momentos especiais acompanhados do emocionante crepúsculo que faz do pôr-do-sol nesta pequena cidade o maior espetáculo do inverno!

Please reload

 

Áustria

Soelden

Dez anos atrás, o nome de Soelden era conhecido na Áustria como um destino pobre e de esportistas jovens e baladeiros.
Mas a estação de esqui mudou ao longo da última década. Um grande investimento no sistema de elevação aliviou grande parte da superlotação e o centro do resort passou por uma espécie de lifting.
Soelden, agora, promove-se como um resort que busca os interessados na experiência de montanha cheia, enquanto resquícios de um passado mais selvagem ainda são visíveis, a concentração está agora em uma clientela mais sofisticada e destinada para a família.

Kitzbühel

Kitzbühel é um dos "clássicos" resorts de esqui da Áustria com tradição de sobra. Com o renomado Hahnenkamm, a corrida de esqui downhill, as famosas escolas de esqui e o centro histórico da cidade peatonal, todos são atrações únicas.
O destino recebe desde famílias até esportistas. Existem opções para todos os tipos de públicos.

Lech

Lech é uma das principais atrações da Áustria para os ricos e famosos. Desde líderes empresariais, de astros do esporte a produtores cinematográficos, Lech é o refúgio favorito para as classes mais ricas.
Mas essa reputação por si só é enganosa. Bem como os hotéis oferecem para os seus clientes todos os caprichos, Lech tem alojamento em hotéis de gestão familiar que não vai quebrar o seu orçamento.
A região é o paraíso dos desportos de inverno, oferece diversos níveis de pistas que desafiam desde o esquiador iniciante até os mais experientes. As pistas de neve chegam a altitudes que variam entre 1450 e 2450 metros.

Innsbruck

Conhecida como a capital dos alpes, Innsbruck é um cidade cheia de montanhas, de aventuras, experiências incríveis, tesouros culturais e maravilhas naturais.
Innsbruck abriga alguns dos maiores e melhores resorts de esqui do mundo. Para aqueles que procuram uma experiência diferente, Innsbruck também oferece tirolesa.
A cidade tem duas áreas de esqui nos arredores, além de mais sete que podem ser acessadas por meio de um passe de esqui local.